Tons inspirados em prismas são referência para tecidos do Verão 20

Enquanto os tons alaranjados aquecem, os lilases reinventam e os mentas refrescam a moda do verão 20, os tons inspirados em prismas chegam para nos desconectar da vida virtual e voltar nosso olhar para os efeitos únicos que a natureza pode proporcionar.

Entendendo a tendência

O prisma é um elemento óptico transparente capaz de separar a luz em espectros de cores e refleti-las em superfícies polidas e retas. Gregos, Egípcios, Chineses e Indianos já utilizavam a cristais e cores como instrumento de cura muito antes de as primeiras teorias de cor começarem a ser estudadas por Aristóteles.

Sabendo disso, o anseio por uma vida mais offline se concretiza na moda através destes tons: suaves, mas carregados de energia e capazes de transmitir sensações reais.

A evolução das cores

Assim como o lilás se reinventou e trouxe o lavanda queimada para o foco nesta estação, diferentes nuances de rosa transitaram pela moda nas últimas estações e chegam ao verão 20 menos doces, mais maduras e sofisticadas, como o Quartzo rosa. O tom, que possui uma feminilidade implícita, ganha força especialmente nas criações voltadas ao workwear.

O Limão Siciliano, outro tom que apareceu com força no último verão, se transformou no Limonada Suíça: uma versão mais versátil e cítrica que chama atenção em nossa cartela de cor e se mostra como grande aposta para o sportwear.

Os desejos da estação

A pedra turmalina, conhecida por seu poder de cura, chega iluminando a cartela de cor com seu tom que pode ser absorvido tanto pela moda festa, quanto pela casual. Sendo a versão iluminada do Celadon, best-seller do Inverno 19, o Turmalina harmoniza-se com toda a cartela, podendo ser usado em composições inusitadas.

Já o Vibranium, tom inspirado no filme Pantera Negra, ganha destaque por ser a cor mais densa dos Prismas. Por possuir um apelo comercial, fácil de combinar com outras cores e de transitar entre ocasiões, é uma indicação para o streetwear.

2018-12-06T15:55:15+00:00novembro, 2018|