Performances criativas extravaganza inverno 20

As performances criativas como forma de protestos inspiraram o tema Extravaganza no Inverno 20 TexPrima.

Nosso Inverno 20 chegou repleto da dramaticidade típica do teatro e da performance expressa em tecidos como a Malha Check Night e o Chiffon Stripe 80. A estamparia reforçou a estética dramática através de cores intensas e vibrantes. A percepção do movimento esteve presente através de geométricos cinestésicos que criaram efeitos ópticos em cores iluminadas enquanto que o animal print aparece exuberante e em tons artificiais junto a florais vetorizados e aquarelados, compuseram padronagens especialmente aplicadas em tules, malhas e tricôs.

As dimensões do exercício de poder e expressões individuais podem ser vistas através da história. Um exemplo da força da expressão simbólica na reivindicação por direitos aconteceu em 1969, no bar Stonewall. O local, frequentado pela comunidade LGBTQ+ e localizado na cidade de Nova York, foi palco da brutalidade policial que espancou e prendeu diversas pessoas apenas por sua orientação sexual.

cores iluminadas e animal print extravaganza

Em razão disso, em junho do mesmo ano, aconteceu a primeira parada LGBT+ em favor dos direitos civis dos homossexuais. Desde então os protestos se espalharam pelo mundo todo sendo anualmente celebrado com festa, diversidade e contestação. Os brilhos, paetês e cores intensas expressam a exultação do corpo com o intuito de chamar atenção para as questões de gênero. Tecidos como Paetê Druida, Malha Arlequim e Malha 90´s são inspiradas nessa busca de liberdade através da exuberância presente em seu brilho e textura.

A parada LGBT+  de São Paulo, que aconteceu no último domingo, dia 23/06, trouxe como tema “Os 50 anos de Stonewall – Nossas Conquistas, nosso orgulho de ser LGBT+” reuniu cerca de 3 milhões de pessoas. Dezenove trios elétricos atravessaram a Avenida Paulista. A parada é um dos maiores exemplos de protesto criativo em que a celebração do amor e a luta por direitos se dão através da diversão em uma festa contagiantes

Os brilhos, paetês e cores intensas expressam a exultação do corpo com o intuito de chamar atenção para as questões de gênero

Um revival dos anos 90 ressurge na estética clubber em que a dança, a celebração e a expressão corporal se tornam uma forma de auto expressão. O clima hiper noturno inspirou têxteis glamourosos Paetê Druida e Paetê Bruma em paleta de cores monocromáticas trocando o sombrio preto pelo luminoso prata na dinâmica das luzes e estética dramatizada.