O tema Mística se inspirou no Sagrado Feminino e explorou “As Brumas de Avalon” para criando uma coleção repleta de rendas e metalizados.

O tema Mística  deste inverno 20 explorou o universo misterioso do Sagrado Feminino em várias culturas ao redor do mundo. Uma dessas vertentes foram os celtas, que habitaram a Irlanda, Escócia e Inglaterra durante primeiro milênio.

“As Bumas de Avalon”, da escritora norte americana Marion Zimmer Bradley, é uma das obras que melhor retrata esse período. Dividido em quatro volumes, gira em torno de Morgana, sacerdotisa de Avalon, sobrinha de Viviane, a Senhora do Lago, e Arthur, seu irmão. A trama se inicia com a visão de Viviane teve sobre a ascensão de um rei – Arthur – que uniria todas as tribos da região e venceria os vikings que invadiam e saqueavam o território há anos. Além de abordar a lenda arthuriana, As Brumas de Avalon trata do Sagrado Feminino representado pelas Sacerdotisas da Ilha de Avalon que, com o avanço do Cristianismo, disseminado através das invasões romanas, perde-se ano após ano em meio às névoas que a cerca.

Embalada por essa atmosfera mística, nossa coleção trouxe rendas que evocam o Sagrado Feminino através da leveza e fluidez. As Rendas Morgana e Igrane, cujos nomes são inspirados na protagonista do romance e sua mãe, trazem padronagens orgânicas e florais em construções incomuns. Elas podem ser aplicadas tanto em vestidos inteiros quanto em detalhes e até mesmo lingeries.

Inspirados nos cavaleiros da Távola Redonda, algumas de nossas malhas, além de trazer seus nomes, lembram também suas armaduras. É o caso da Malha Athur, que possui cobertura de foil quadriculado e a Malha Lancelot, cuja superfície é coberta por foil texturizado. Ambas são ideais para vestidos, saias e blusas ajustados. O Paetê Armory tem construção de moletom, mas sua superfície é coberta por paetês com aspecto levemente desgastados. Ele pode fazer tantop blusas como vestidos.