Gargantilha vira hit entre as fashionistas

Quando os anos 90 voltaram a dar as caras na moda, o primeiro hit a ressurgir foi a polêmica choker tattoo – sim, aquele modelo que foi condenado  ao fracasso fashion durante muitas temporadas.  Agora, depois de algumas atualizações, o modelo justinho ao pescoço continua fazendo sucesso, mas abriu espaço para novos designs – mais grossos, mais finos, feitos em metal ou até em tecido, o importante é manter o acessório agarradinho, acrescentando bossa ao look.

Basta uma rápida olhada no Instagram para entender que o acessório é realmente um sucesso. Entre as representantes dessa tendência estão nomes como Kylie Jenner, Gigi Hadid e Rosie Huntington-Whiteley, que possuem coleções recheadas de gargantilhas que podem ser usadas em várias ocasiões sem esforço.

Nas passarelas, quem confirma a tendência são as grifes Ralph Lauren, Dior e a brasileira Juliana Jabour, nossa parceira de longa data, que incluiu em seu desfile na última edição do São Paulo Fashion Week várias versões das gargantilhas, quase sempre misturadas com colares mais longos, dando um feito fashionista ao look graças ao mix de acessórios.

A TexPrima também criou a sua versão de gargantilha, com duas faixas de tecidos de viscose estampada em uma argola de metal. O acessório foi um presente para clientes, amigos e influenciadores de moda que passaram pelo Mídia Date promovido pela empresária de moda Alice Ferraz.

2017-02-08T21:24:45+00:00agosto, 2016|