Marcamos presença na nova coleção da Apartamento 03 desfilada no SPFW N52; confira os detalhes do lançamento

O SPFW voltou a ocupar o Pavilhão das Culturas Brasileiras, no Parque Ibirapuera, entre os dias 18/11/21 e 21/11/21.  A edição N52 foi phygital – física e digital -, já que algumas marcas continuaram a apresentar suas coleções por meio de fashion films enquanto outras optaram por retornar às passarelas do maior evento de moda da América Latina. A label Apartamento 03, sob comando de Luiz Claudio Silva, desfilou em um sábado a noite (20/11/21) com a coleção Cura e os nossos tecidos fizeram parte dessa nova história.

Coleção Cura

O fundador e diretor criativo da Apartamento 03, Luiz Claudio Silva, conta que a coleção faz um convite ao desejo de cura, para que possamos ver a vida por uma fresta mais “normal”. “Como falar de roupa diante de um grande número de pessoas que morreram?”, questiona Luiz. Durante os dias de restrições que a pandemia provocou, o estilista passou a desenhar folhas e flores e manter um diário com poesias e rezas que acabaram ganhando vida e estampando sedas plissadas e bases tecnológicas por meio de técnicas manuais. 

A alfaiataria continua sendo manipulada por Luiz em diferentes cortes e caimentos, com detalhes exclusivos desenvolvidos por ele. “A roupa de Apartamento sempre foi alfaiataria, é um gosto pessoal que tenho. Eu adoro descobrir a construção do casaco e investigar isso”, conta. Nesse exercício de desconstrução da modelagem, Luiz fez experimentações em sua alfaiataria com novas bases, shapes que sugerem proteção e bordados texturizados que dão um toque de preciosidade. A intenção com a coleção e a escolha dos modelos que desfilaram os looks era trazer um resultado sagrado. “Acho que a imagem mais clara que eu tinha, e tô conseguindo realizar, é que são pessoas encantadas, mágicas. Então essas modelagens são grandes, como se fossem entidades”. 

Tecidos TexPrima

Nossos tecidos ajudaram a compor essa nova coleção cheia de significados importantes. Conjuntos total white abriram a passarela, trazendo o DNA da marca – cortes clássicos de alfaiataria com texturas especiais que trazem o efeito de franjas. Nosso tecido Crepe B&W – um best-seller -, foi usado para criar essas peças. Já para os numerosos looks que levam as estampas da coleção, diferentes tecidos foram escolhidos para receber os contornos feitos em tinta nanquim, como o Linho Casablanca, um tecido com aspecto natural e o Cetim Lanvin, uma base acetinada com toque sedoso. O diferencial fica por conta de uma escolha inédita do estilista, que aplicou as estampas no Memory Trend, um tecido tecnológico, que trouxe um efeito amassado.

Para saber mais sobre essa coleção, confira as entrevistas que o estilista deu para o nosso IGTV falando sobre o conceito por trás das peças e os tecidos escolhidos. Conheça todos os looks da Coleção Cura abaixo:

Galeria de fotos