Étnico e multicultural: entenda a diversidade do tema Patchworld do inverno19

 Multicultural e sofisticado

Um dos temas mais ricos em referências multiculturais da coleção de inverno 19 é o Patchworld. Seu espírito livre, desafiador e híbrido ajuda a dar forma a tecidos que podem ser classificados em dois grupos: o Wild Bohemia e o Mixed and Check. Uma mistura conceitual e urbana que resultou em uma coleção multissensorial. Confira:

A ascensão do Folk trouxe consigo um lado carregado de glamour e diversidade nas releituras dos trajes tradicionais. Texturas, peles, brilhos e franjas ajudam a compor esse mood que reflete uma mulher boêmia selvagem, repleta de referências e que se permite transitar entre o simples e o luxo sem dificuldade.

Os furs do tema chegam como essenciais para conquistar essa personalidade forte. Os pelos longos do Fur Collete, por exemplo, aparecem com uma pitada de ousadia que contrasta com o rico trabalho do Jacquard Nagar Gold, repleto de detalhes e nuances de cor. Uma dupla poderosa para mesclar com sintonia as tendências de moda.

Ao mesmo tempo, o efeito “feito à mão” aparece valorizado por aqui. Um resgate as culturas que serviram de inspiração se reflete no artigo Missô Mistic – versátil e capaz de fabricar vestidos, casacos, quimonos e blusas. E já que looks democráticos conquistam pela funcionalidade, o Couro Back Suede propõe uma brincadeira com sua dupla-face: suas texturas são completamente diferentes e pode ser usado dos dois lados em casacos, saias, vestidos e calças.

Mas é impossível falar em Patchworld sem citar os veludos, que são a essência do tema e possuem lugar especial nas coleções mais emblemáticas de inverno. O veludo Bélgica, um dos queridinhos da estação, possui textura acetinada e traz brilho para a estação. Pode compor calças e blusas, mas o grande charme fica para os vestidos, por conta do seu caimento “melted dress” que promete derreter também o coração das fashionistas.

Em mais uma viagem, o xadrez foi exportado da Escócia para a coleção da TexPrima. O revival da padronagem trouxe trouxe uma enorme gama de opções dignas dos grandes clãs das Terras Altas. Estampados ou em fios tintos, os xadrezes aparecem nos mais variados materiais e possibilitam novas composições que fogem da óbvia camisaria.

Na hora de elaborar um guarda-roupa carregado de bossa e contemporaneidade, como o Mixed and Check pede, blusas e camisas em tecidos fluidos são indispensáveis. O Silky Grécia 4 Mix e Grafic e o Crepe B&W2 City se encarregam de conquistar esse espaço e fazer sucesso no Workwear.

Misture sem medo!

Os xadrezes podem – e devem – dividir espaço com outras estampas. Florais delicados e listras são ótimos exemplos de como criar essa sintonia entre padronagens. O Crepe Viscolight Garden e o Crepe Dior Listra, da coleção de inverno 2019, se encarregam de trazer o mix.

2018-07-04T21:00:08+00:00junho, 2018|