VOO#1 – Edifício Pernambuco

Sobe aí!

Conhecer o Edifício Pernambuco foi um daqueles acasos que se tornam uma ótima surpresa. Chegamos assim, meio no fim da tarde, na véspera de um feriado prolongado. Tocamos o interfone torcendo pra que alguma alma trabalhadora ainda estivesse em atividade. Ufa, sinal de vida do oitavo andar! No co-working ORBE restavam Ticiano e Guilherme, que nos receberam com muita simpatia (mesmo a gente chegando sem avisar no fim do expediente), nos explicaram a proposta do Edifício e nos apresentaram alguns de seus trabalhos pessoais. Ligaram pra ver se tinha alguém no quinto andar. Então descemos para conhecer o Josivan, fotógrafo parceiro que seguiu a conversa sobre seus trabalhos culturais com a mesma simpatia dos outros dois.

Fincado na Avenida Dantas Barreto, bairro de Santo Antônio, no coração do Recife, o Edifício Pernambuco é residência de vários coletivos ligados à arte, design e cultura: Coletivos Coletivo 3º, Espaço Fonte, no 4º; REC Produtores, no 5º; Coletivo Sexto Andar; Caramiolas Lab, no 7º; ORBE Coworking, no 8º; Ateliê Paulo Meira, no 10º; Coletivo 11º andar; e pra fechar, no último andar, mora Belmino Corrêa, que vez em quando abre as portas do apartamento/cervejaria para promover sua cerveja Risoflora.

Cobogó e Ladrilhos

A linda pesquisa Cobogó de Pernambuco de Josivan Rodrigues, que resultou em um livro repleto de informações históricas e imagens inspiradoras, foi o ponto de partida para o designer Guilherme Luigi criar o Dingbat Cobogó, em 2013.

Evolução dessa mesma parceria, o Guilherme no momento finaliza o Dingbat Ladrilho, outro projeto de pesquisa histórico-documental de Josivan sobre os Ladrilhos Hidráulicos, também tradicionais da arquitetura de Pernambuco.

Os cobogós (ou combogós) são aqueles blocos vazados utilizados em edificações, muito populares nas décadas de 50 e 60, que permitem a circulação de ar e entrada de luz natural no ambiente.

cobogó3

Dingbat são fontes que tem desenhos no lugar de letras.

By | 2017-09-25T14:58:11+00:00 julho 22nd, 2015|Categories: Primavista|0 Comments